Collection signatures closed on 02/11/2013
1.326.807 signatures collected

click here for details

 

 

 

 

 

 

STOP VIVISECTION!

A iniciativa STOP VIVISECTION oferece aos cidadãos a possibilidade de exprimirem o seu desacordo em relação às experiências com animais e de exigir da União Europeia um procedimento científico avançado, que proteja a saúde dos seres humanos e ao mesmo tempo os direitos dos animais.

Graças à iniciativa de cidadania europeia, com 1 milhão de assinaturas os cidadãos europeus podem tomar parte na definição de políticas da União Europeia.

Nos cidadãos europeus fazemos um apelo à Comissão Europeia com o fim de revogar a Directiva 2010/63/EU ("relativa à protecção dos animais utilizados para fins científicos”) apresentando uma nova proposta de directiva destinada a pôr um fim definitivo à experimentação animal e a tornar obrigatória, para a investigação biomédica e toxicológica, a utilização de dados específicos para a espécie humana.

Ler

 

Comunicado de imprensa STOP VIVISECTION de 2013/12/29

Após mais de um mês de intenso trabalho, no dia 23 de Dezembro de 2013 as assinaturas recolhidas no âmbito da iniciativa STOP VIVISECTION foram apresentadas às autoridades competentes dos 28 Estados Membros da União Europeia. O número definitivo de manifestações de apoio à iniciativa foi 1.326.000, o extraordinário resultado do empenho e da perseverança de milhares de voluntários dos comités nacionais e de centenas de associações e comités de toda a Europa que trabalharam arduamente para alcançar este objectivo incrível. Doze países atingiram os seus objectivos nacionais, com o muito modesto orçamento de cerca de €25.000, conseguido através de doações de simpatizantes e organizações não governamentais. As Autoridades Nacionais prosseguirão agora com a tarefa de certificar a validade das assinaturas até o final de Março de 2014 e posteriormente divulgar o resultado final alcançado pela STOP VIVISECTION, ainda que a margem de 300.000 assinaturas extra para além do milhão requerido reduza a possibilidade de surpresas desagradáveis. Assim que a iniciativa STOP VIVISECTION for aprovada, a Comissão Europeia irá convocar uma audiência com o nosso Comité  Científico, após a qual terá de especificar as acções que pretende adoptar para fazer valer a vontade expressa pelos cidadãosneuropeus. Por isso, pedimos a cada Associação, Comité e Cidadão que continue andisseminar, sensibilizar e exercendo pressão para dar força ao crescente número denapoiantes que se juntaram às fileiras da iniciativa STOP VIVISECTION, salvo raras enincompreensíveis excepções. Temos de deixar claro à Comissão Europeia que pode mover-se apenas numa direcção, com o objectivo de orientar a Europa através de uma "mudança de época" na investigação biomédica e na avaliação de substâncias tóxicas. As substâncias tóxicas estão a cercar-nos cada vez mais. São a causa crescente do aumento constante de tumores na infância e de todos os outros tipos de tumores, doenças neurodegenerativas, malformações em recém-nascidos, esterilidade, entre outras.
A STOP VIVISECTION não só testemunha a posição ética tomada pelos cidadãos que querem respeitar todas as formas de vida, mas também a necessidade de uma indispensável mudança das pesquisas científicas, sem a qual não há esperança para actualizar o progresso científico na Europa nem esperança para a protecção da saúde
humana e do meio ambiente. Tal como 2013 acabou por ser o ano da STOP VIVISECTION, esperamos que 2014 venha a ser lembrado como o ano em que a União Europeia terá feito uma mudança democrática e de época no sentido de proteger a saúde humana e animal.

Subscribe to STOP VIVISECTION RSS